Adicionar aos favoritos
Indique nosso site
 
Mensagens
 
Lasc?via

LASCÍVIA (MASTURBAÇÃO), O MUNDO, E O CRENTE, O QUE DIZ A BÍBLIA?...

Vivemos em uma era de liberdade de expressão e de um estilo livre vida. Hoje vemos nos filmes, nas novelas, nas músicas, nas danças, nas roupas da moda, etc., uma comercialização do sexo. Em Gênesis 1:28; “E o Altíssimo os abençoou e lhes disse: Sede, e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra.” ou seja, o sexo tinha uma função pro criativa e fez o Eterno uma mulher idônea para Adão para que, juntamente, com ela, enchesse a terra. Gênesis 2:18.

Masturbar-se com a finalidade de atingir o orgasmo. A Bíblia não fala diretamente sobre o assunto, mas algumas passagens nos levam a considerar a masturbação pecado. Vejamos:

"Antes, andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira..." Efésios 2.3.

Hoje em dia o sexo está tão comum que não há mais aquela expectativa dos noivos em se conhecer aos poucos, e maravilharem-se um com o outro vivendo uma novidade maravilhosa de um toque, de uma fragrância, de surpresas que torna duradouro o casamento e o amor. Com muita energia.

Muitos acham que é normal sexo antes do casamento, é normal homossexualismo, é normal filhos drogados, é normal você tem que aceitar.

A batalha pela pureza sexual sempre começa na mente. Aquilo em que pensamos constantemente acabamos fazendo. Ocupar nossa mente com o bem ou o mal, o puro ou o impuro, o certo ou o errado. Muitos crentes tentam abrigar ambas as tendências em seus pensamentos.

"Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas paixões" Romanos 6.12.

 “Fugi da prostituição. Todo pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo; não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente do Eterno, e que não sois de vós mesmos?" I Coríntios 6.18-19

O pecado sexual declarado é concebido na mente, desenvolvido em várias experiências pré-sexuais, e finalmente torna-se realidade, quando a oportunidade aparece. Não somente a imoralidade resultante é pecado - os pensamentos impuros também são pecados. As palavras de Cristo, no Sermão da Montanha, são freqüentemente citadas a este respeito: "Ouvistes o que foi dito: Não adulterarás. Eu, porém, vos digo que todo aquele que olhar para uma mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela." Mt 5:27,28.

“Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia,Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino do Altíssimo.” Gálatas 5.19-20.

"Porque Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino do altíssimo. e esta é a vontade do Eterno, a vossa santificação... que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra, não na paixão de concupiscência... porque o Altíssimo não nos chamou para a imundícia, mas para a santificação." I Tessalonicenses 4.3-7.

O que nossos olhos vêem e lêem produz e controla a maior parte de nossos pensamentos. As Escrituras ensinam que os olhos são a "candeia do corpo" Mateus 6:22,23 e que se os "olhos forem maus", o corpo "será tenebroso". Esta verdade descreve mais do que um fato físico. Refere-se ao que os olhos deixam entrar na mente.

O apóstolo João adverte contra a "concupiscência dos olhos" I Jo 2:16. Salomão escreveu: "Dirijam-se os teus olhos para a frente e olhem as tuas pálpebras diretamente diante de ti. Pondera a vereda de teus pés, e serão seguros todos os teus caminhos" Pv 4:25,26. Salomão também diz: "Filho meu, dá-me o teu coração; e deleitem-se os teus olhos nos meus caminhos. Porque cova profunda é a prostituta; e poço estreito é a aventureira" Pv 23:26,27.

Não se pode negar a existência do impulso sexual nos seres humanos, impulso criado pelo Altíssimo para um fim proveitoso - o da multiplicação da espécie humana, ou seja, o sexo entre homem e mulher, casados. Gênesis 1.28.

Todavia, homens e mulheres têm de várias formas pervertido esse desejo. O homossexualismo é uma dessas impurezas e desvio sexual. A masturbação é uma variante da impureza sexual: vicia, escraviza e causa morte espiritual. O nosso corpo não é para ser usado da maneira como bem entendemos: "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma." I Coríntios 6.12.

Alguém certamente perguntará: Como fazer para conter o forte desejo sexual?
Devem primeiramente esvaziar a mente das imagens eróticas captadas via televisão, revistas, filmes e danças sensuais. Não devemos colocar coisas impuras diante de nossos olhos. Em segundo lugar, devemos encher a mente, coração e alma com a palavra do Altíssimo. “Chegando ao lugar escolhido, Cristo lhes disse: Orai, para que não entreis em tentação.” Lucas 22:40
"logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho do Altíssimo, que me amou e a si mesmo se entregou por mim.” Gálatas 2.20.
Devemos nos afastar da pornografia que vem sendo despejada em nosso caminho, lembre-se: "os olhos são a candeia do corpo".

Masturbar é pecado?

A maioria dos não-crentes e também muitos crentes crêem que a masturbação não apresenta nenhum problema. Certamente, não acham que é pecado e que só constitui um problema quando é uma obsessão e um substituto psicológico total para as relações sexuais normais.
Mesmo assim, a Bíblia fornece orientações que nos permitirão decidir se a masturbação é pecado ou não. Reflitamos sobre as seguintes observações:

2. O teste seguinte é o de sua vida mental. Cristo disse: “Eu, porém, vos digo que todo aquele que olhar para uma mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela." Mateus 5:27,28. Quando uma pessoa pratica masturbação, o que se passa em sua cabeça? As cachoeiras de Paulo Afonso? Pode alguém se masturbar sem imaginar um ato sexual ou ao menos cenas sensuais? O que é que nós entendemos? Se praticamos a masturbação, pode nossa mente permanecer pura?

Em seguida, reflitamos sobre a santidade e a intenção da relação sexual no casamento. Sem sombra de dúvida, a masturbação é uma tentativa de experimentar as mesmas sensações que são atribuídas ao casamento. É um substituto do ato verdadeiro - uma farsa, uma falsificação, um dolo.

A masturbação é também totalmente egocêntrica. Uma das características do egocentrismo é a auto-indulgência. Paulo descreve o modo de vida de quem é controlado por Satanás, dizendo: "Todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos." Ef 2:3.

Finalmente, a masturbação pode nos levar à escravidão. Quando uma pessoa é dominada por uma indulgência carnal, ela peca. "Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para obedecerdes às suas concupiscências." Rm 6:12. Paulo também diz: "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convém. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas." I Co 6:12.

Somos é escravo da masturbação?

Meditemos sobre os comentários acima para determinar se, para nós, a masturbação é pecado. Comparemos com os textos abaixo, eles nos ajudarão muito.

“Fugi da prostituição. Qualquer outro pecado que o homem comete, é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo. Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possui da parte do Eterno, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço; glorificai, pois ao Altíssimo no vosso corpo.” I Coríntios 6:18-20

“Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino do Altíssimo os que tais coisas praticam.” Gálatas 5:19 a 21

“Porque esta é a vontade do Altíssimo, a saber, a vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição,Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santidade e honra,Não na paixão da concupiscência, como os gentios que não conhecem ao Eterno;Ninguém iluda ou defraude nisso o seu irmão, porque o Altíssimo é vingador de todas estas coisas, como também antes vo-lo dissemos e testificamos. Porque o Eterno não nos chamou para a imundícia, mas para a santificação.” I Tessalonicenses 4:3-7

são passagens que falam sobre a questão do uso de nossos corpos devidamente no sexo. Embora não possamos assentar todos os argumentos que dizem que a masturbação é pecado, não podemos negar que ela é resultado da lascívia e da paixão. Mas, na liberdade da graça do Altíssimo, podemos escolher fazer o que é sagrado e direito aos olhos do Eterno.