Adicionar aos favoritos
Indique nosso site
 
Mensagens
 
Prova??es e Afli??es.

Todo Crente Convertido, passa ou passará por provações e aflições.

Existem fases na vida em que o cristão está acomodado ou tranqüilo, parece até que o céu é aqui na terra mesmo, a paz é o aroma do lar, no trabalho é bênção sobre benção, elogios e mais elogios e até mesmo promoção, mas, no mar da vida tudo se transforma da água para o vinho num piscar de olhos, você dorme feliz e acorda triste, pois assim como existe o dia da prosperidade, também existe o dia da adversidade.(Ec. 7.14).

No dia da prosperidade devemos “gozar o bem”, mas no dia da adversidade “CONSIDERAR”, o cristão passará por diversas fases em sua vida. Como exemplo, serão citadas três fases:

PELO DESERTO

Todos nós sabemos o que é um deserto; é um lugar árido, seco, com perigos iminentes, sem água, sem sustento, solitário, que tem temperaturas extremas de dia e um frio terrível à noite.

Quem nunca passou pelo deserto? Quem nunca passou por tamanha tribulação que achou que não iria suportar?

Saiba que o deserto é a escola do Eterno, um dia haveremos de passar pelo deserto, lugar onde há angústia e medo, solidão, necessidade de algo, onde as expectativas são frustradas, sonhos não realizados, onde teremos vontade de desistir de tudo, é no deserto que nos descobrimos, que encontramos o nosso “eu”, nossas falhas, nossos erros, o deserto simboliza as nossas provas, nossos temores, nossa total dependência do Eterno.

Não é fácil passar pelo deserto, mas temos alguns exemplos bíblicos de quem já passou:

· Abraão: Nosso Patriarca passou pelo deserto quando seguia para o monte Moriá, levando seu único filho, o filho da promessa, o qual o Eterno havia dado. Imagine a dor de caminhar para o local onde você com suas próprias mãos mataria seu filho, por ordem do Eterno. Nós sabemos claramente, que o Altíssimo não aceita sacrifício de humanos, mas que Ele resolveu testar Abraão, que cumpriu e executou todas as ordens do Eterno sem reclamar. Quem pode imaginar a dor, quando perguntou Isaque a seu pai: “temos a lenha e o fogo, mas onde está o cordeiro?” E Abraão disse: “O Eterno proverá o cordeiro.” Abraão tinha fé, acreditava no Altíssimo, e sabia que Ele tinha poder de ressuscitar seu filho, mesmo se ele fosse sacrificado, e por isso Abraão é chamado pai da fé, pois creu no Eterno e foi além do racional, se entregou ao Altíssimo, adentrou no deserto e teve a vitória, sendo chamado como aquele que era amigo do Eterno.

· Moisés: Criado entre os mais poderosos do Egito, sendo chamado de filho de Faraó, teve que fazer escola no deserto, por quarenta anos, antes de liderar o povo do Eterno. Um homem criado no meio das regalias, das luxúrias, das honras, de todas as riquezas, em meio ao que havia de melhor. Foi, então trabalhar como pastor de ovelhas no deserto, Moisés enfrentou 40 anos de solidão no deserto, até que o Eterno lhe falou em meio a sarça ardente que não se consumia, e ele voltou para resgatar seu povo.

· João Batista: Aquele o qual disse o profeta Isaías “Voz do que clama no deserto, preparai o caminho do SENHOR, endireitai as suas veredas”. (Is. 40.3), apareceu para pregar o evangelho do arrependimento no deserto, anunciando a vinda do nosso salvador, e é interessante perceber que os que se arrependiam se arrependiam no deserto, não em suas casas ou nas suas cidades, mas quando passavam pelo deserto é que se arrependiam de seus pecados, quantos não são assim, hoje, temos que passar pelo deserto para nos arrependermos. Vemos também que cristo foi ao encontro de João e por ele foi batizado, no deserto.

· O Próprio cristo: Antes de começar sua obra missionária e salvadora do mundo, CRISTO também passou pelo deserto logo após ser Batizado por João, e ficou sem comer por 40 dias e 40 noites, onde diz a bíblia que teve fome, e quando ele estava fragilizado apareceu o Maligno para tentá-lo, note que o inimigo o tentou três vezes, não foi uma nem duas, mesmo sabendo que falava com o filho do Eterno tentou-o a desistir, mas CRISTO foi sábio e fiel e pôs o diabo para correr. Outro fato interessante é que o inimigo usou a própria escritura para tentar a CRISTO, o que nos mostra que ele muitas vezes para nos enganar usa a própria bíblia, mas usando um sentido diferente do que ela diz.

Todos nós temos que passar pelo deserto, alguns passam mais de uma vez, o deserto é a escola do Eterno para quebrantar, ensinar, fortalecer, curar e fazer milagre, é no deserto que do Eterno prova sua fé assim como fez com Abraão, é no deserto quando os outros não podem nos ajudar, quando tudo parece perdido, é no deserto que você deposita sua confiança no Eterno, e espera nEle uma solução, é ondo Eterno prova o grau de sua fé nas promessas que Ele te fez. É no deserto que nos arrependemos de nossos pecados, como foi com as pessoas batizadas por João Batista, é no deserto no meio das provas e aflições que nos arrependemos dos males que fizemos, é no deserto que enxergamos o quanto somos pequenos, o quanto o Altíssimo é bom para conosco, pois quando estamos em um lugar confortável nos esquecemos do Eterno, precisamos descer ao deserto para nos arrependermos e então nascer de novo para o Eterno. Assim como CRISTO, é no deserto que somos tentados pelo inimigo de nossas almas, é aonde o Maligno vem de todos os modos nos afligir, usando até mesmo a palavra do Eterno para tentar nos fazer cair, e justamente no momento que estamos mais fracos, mas assim como fez CRISTO é no deserto que podemos dizer a ele: Vai-te pois somente há um Criador, o Altíssimo nosso Eterno serviremos.

Para a Bíblia, o deserto é um lugar provisório, um lugar de passagem. Não se pode viver no deserto. Os israelitas viveram 40 anos no deserto, mas receberam o maná do céu, a água da rocha, a nuvem de dia, e a coluna de fogo a noite, etc. Lembre-se você não passará pelo deserto sozinho, o Eterno passará contigo.

PELO VALE

Um vale normalmente é um espaço compreendido entre dois montes, ou mesmo um lugar aberto cercado pelas montanhas, e nem sempre é um lugar onde se queira estar. Às vezes há alagamentos, em outras, escuridão. Em alguns, o caminho é estreito e quase não se pode passar, mas é no vale que o altíssimo também quer se revelar aos seus servos.
Muitas vezes só queremos subir, estar no alto dos montes, mas o Eterno também nos quer levar pelo vale, pelo caminho da solidão para nos mostrar quem Ele é para nós. Se o Altíssimo está te conduzindo pelo vale, não temas: Ele está contigo e nenhum mal poderá te atingir!

 

Se você ainda não passou pelo vale, um dia haverá de passar, o vale é um lugar de abandono, onde as pessoas esquecem dê você, no vale você não tem amigos, não tem parentes, não tem conselheiros, no vale você aprende estar a sós com o Altíssimo, ali você ora, chora, geme, clama, busca, passa pelo estreito do ETERNO, ali você aprende a ser obediente, você luta como Jacó lutou até raiar o amanhã, quando estava prestes a se encontrar com Esaú, seu irmão, Jacó teve que passar pelo vale do Ribeiro de Jaboque, muitas experiências já tinha passado em sua vida. Já tinha experimentado a bênção do Eterno e também pago um alto preço pelas mentiras que havia cometido, mas ainda lhe faltava uma coisa: uma experiência real com o  Eterno. E ali no ribeiro, o Anjo do SENHOR lutou com ele, mas Jacó não desistiu. Ficou marcado em seu próprio corpo, mas saiu com a benção! Queres ser abençoado? Prepara-ter para lutar com o Altíssimo no vale! Não sei onde será, nem com será, mas o Eterno terá um encontro contigo e tu só serás abençoado se prevaleceres!

Disse Davi no Salmo 23.4. “Ainda que eu ande pelo Vale da sombra e da morte, não temerei mal algum, pois tu estás comigo”.

PELA MONTANHA

No deserto o Altíssimo nos prova, no Vale Ele se revela a nós, mas é na Montanha que conseguimos enxergar a grandeza do Eterno.

Depois de ter passado pelo deserto, depois de termos enfrentado o Vale, chegamos então a Montanha, um dia você estará no monte, no monte tudo é lindo, maravilhoso, no monte você consegue ver por onde você passou, e então vai glorificar ao Eterno por ter te amparado e te ajudado, no monte a visão é diferente, ampla, você olha e diz...

"Verdadeiramente o Eterno esteve comigo e não me desamparou".

Qual fase você esta passando? Pelo deserto? Não desanime!
Assim como o Eterno não desamparou Hagar quando esteve com seu filho no deserto, o Altíssimo também não te desamparará.

Pelo Vale?

Faça como fez Jacó, lute, não desista da tua vitória, seja perseverante, não desanime, é no vale que o Altíssimo quer se revelar a você. Tenha certeza, que ao passar pelo Deserto ou pelo Vale, chegaras a Montanha...

Em qualquer uma dessas fases que você estiver passando, Lembre-se: “ o Altíssimo está contigo”!

QUE O ALTÍSSIMO NOS ABENÇOE.