Adicionar aos favoritos
Indique nosso site
 
Saúde
 
Alimenta??o...

“Amado desejo que te vá bem,... e que tenhas saúde...” “... Enéias, Cristo te dá saúde...” “...na presença de todos vós, esta perfeita saúde.” , “E todo aquele que luta, de tudo se abstém;... " “Nenhuma abominação comereis.” “...ouvi-me atentamente. e comei o que é bom...” “Bom é não comer carne...” III S. João 2; Atos 9:34; Cap. 3:16; I Cor, 9:25; Deut. 14:3; Isa. 55:2; Rom. 14:21.

Nunca foi da vontade do Eterno, que Seu povo se alimentasse de carne. Até porque no princípio, esta alimentação não constava do cardápio de Adão; mas sim, "as sementes e frutas." Gên. 1 :29. "Neste jardim o Altíssimo colocou árvores de toda a variedade pela utilidade e beleza. Árvores havia carregadas de luxuriantes frutos de rica fragância, belos à vista e agradáveis ao paladar, destinados pelo Eterno a serem alimento para o santo casal."
Em função dessa alimentação saudável, as cores de Adão não eram nem brancas, nem descoradas, mas rubras, abrasando-se com a coloração rica da saúde."

Depois do dilúvio é que veio a permissão do alimento cárneo: "Antes deste tempo o Eterno não havia dado ao homem permissão para comer alimentos animais: era seu desígnio que a espécie humana se mantivesse inteiramente com as produções da terra; mas agora que toda a relva verde tinha sido destruída, permitiu-lhes comer a carne dos animais limpos que haviam sido preservados na arca."
Na jornada dos hebreus pelo deserto, o Eterno mandava diariamente (exceto no sábado), uma porção de maná. "Era como a semente de coentro branco. Disse Moisés: "Este é o pão que o Altíssimo vos deu para comer.” “Era seu sabor como bolos de mel.” Êxodo 16:14-15,31. Mesmo com esta provisão de alimento vinda do céu, não estavam satisfeitos; vieram as murmurações e as queixas. "E tentaram o Eterno nos seus corações, pedindo carne para satisfazerem o apetite. " Sal. 78:18.

"O Eterno deu ao povo aquilo que não era para seu máximo bem, porque persistiram em desejá-lo, não queriam satisfazer-se com as coisas que se mostrariam ser para eles um benefício. Seus rebeldes desejos foram satisfeitos, mas foram entregues ao sofrimento das conseqüências. Comeram sem restrições, e seus excessos foram prontamente punidos. "E feriu o Altíssimo o povo com uma praga mui grande. Grande número foi ceifado pela febre ardente, enquanto os mais culpados entre eles foram feridos logo que provaram o alimento cobiçado. " Núm.11:31-34.

. O Eterno deu como alimento original para Adão e Eva as sementes e as frutas. Gên.1:29.
. Até os animais receberam este mesmo plano de alimentação. Gên.1:30.
. Após o pecado o Eterno acrescentou também as ervas como alimento. Gên. 3:18.
. Da criação até o dilúvio o povo do Eterno não se alimentou de carne, por esse motivo viveram mais que os povos de hoje.
. Depois do dilúvio o Eterno permitiu Noé comer carne, mas o sangue era requerido tanto do animal como do homem. Gên. 9:3-5: Ezeq. 20:25.

. Quando o Eterno tirou Seu povo do Egito deu maná em vez de carne. Êx. 16:4.
. Aqueles porém, que "tentaram ao Eterno" pedindo carne; o Eterno mandou, mas tiveram fim surpreendente. Núm. 11:18-34.
. Este exemplo ficou como figura, para não cobiçarmos tal alimento. I Cor.10:5-10.
. O apóstolo Paulo diz: “Bom é não comer carne..." Rom.14:21..

 O rei Salomão também adverte: "Não estejas entre os comilões de carne. " Prov. 23:20.
. "... até o rei se serve do campo... " porque "Melhor é a comida de hortaliça." Ecle. 5:9: Prov.15:17. Disse Paulo: "nunca mais comerei carne" e "Sede meus imitadores" I Cor.8: 13: 11:1.
. Daniel no exercício de seu ministério, deu preferência aos legumes em vez de carne. Daniel 1:8-20.
. A Lei do Eterno proíbe matar: a maldade de matar os animais, é satânica; não será perdoada até que morram também. Êxodo 20: 13, Isa. 22:13-14.

. O sacrifício dos animais, apontava para a morte de Cristo, o "cordeiro do Eterno que tira o pecado do mundo": com a morte dele na cruz, cessou estes sacrifícios, abolindo a morte desses animais. Dan, 9:27:II Tim. 1:10.
. Agora o "justo atenta para a vida dos seus animais,..." Prov. 12:10, pois não precisa matar nem para sacrifício nem tão pouco para comer. Prov. 27:25-27..

 A visão de Pedro em Atos 10:11, não se refere aos animais comuns; a voz dizendo: "Levanta-te Pedro mata e come ", representa a purificação dos gentios. "Essa mensagem mostrava que o Eterno não faz acepção de pessoas, mas aceita e reconhece a quantos O temem." Atos 10:28,34-35; 11:1,18; Mar. 7:26-28.
. No "primeiro domínio" ou seja o paraíso novamente restaurado, lá não haverá morte, nossa alimentação será os frutos da árvore da vida. (tudo como no princípio). É pois desde já necessário a adaptação de um regime simples e sadio sem carne. "A igreja da terra é solidária com a do céu. "Efé. 1:10-11: Apoc. 22:2; Cap. 21:4; Miq. 4:8; Sal. 104:14.

Que o Altíssimo nos Abençoe