Adicionar aos favoritos
Indique nosso site
 
Saúde
 
Seja Vegetariano

Os animais são criaturas do Altíssimo, não propriedades humanas, nem utilidades em conveniências, mas seres preciosos da visão do Eterno... Cristãos cujos olhos estão fixos na tristeza da crucificação estão em posição especial para entender a tristeza do sofrimento inocente. A cruz de Cristo e a identificação do Eterno com os fracos sem poder e dos vulneráveis, mas acima de tudo com os desprotegidos que não tem defesa. Inocentemente sofridos

POR QUE DEVEM SER OS CRISTÃOS VEGETERIANOS?

A mensagem do Altíssimo é aquela de amor, compaixão, ainda assim não existe nada de amor e compaixão referindo já a fazenda, fábricas e matadouros onde bilhões de animais vivem vidas miseráveis e morrem violentamente e sanguinariamente Cristo nos ordena bondade, gentileza, compaixão, amor para com todas as criaturas do Altíssimo que fica horrorizado pelo grau de sofrimento. Que vós infringis aos animais para saciar vosso desejo adquirido pela carne deles. Os cristãos têm uma escolha. Quando nós sentamos e comemos podemos estar aumentando o nível de violência, miséria e morte no mundo, ou nos podemos respeitar a criação dele, com uma dieta vegetariana.

ESCOLHA COMPAIXÃO, NÃO CRUELDADE.

No jardim do Éden, no mundo perfeito do Altíssimo era vegetariano (Gên. 1:29 – 30) Imediatamente, o Eterno chama esta idéia, essa relação não exploradora. Boa (Gên 1:31) então seguiram-se muitos anos de humanidade decadente, quando as pessoas tinham escravos, provocavam guerras, comiam carnes animais e cometiam vários outros atos violentos. Mas os profetas nos dizem que um mundo de paz, será sem violência e vegetariano: até o leão se deitara com o carneiro (Isaias 65: 17). Cristo é o príncipe da paz, que nos indica uma nova era de paz e não violência. Quando os cristãos oram, “o seu desejo será cumprido tanto na terra como nos céus”. Essa prece que nos foi dada por Cristo, nos obriga a mudar nossas vidas, fazermos escolhas que sejam bondosas e amorosas quanto possível. Não existirão fazendas, fábricas ou matadouros na nova terra.
O Altíssimo criou cada animal com capacidade para a dor e o sofrimento. Mas nas fazendas, fábricas os animais são descornados, cortados os bicos e castrados sem anestesia. Para maximizar os lucros eles são agrupados no mínimo espaço possível e são geneticamente cruzados, assim muitos sofrem de deformidades nas pernas ou ruptura nos ossos, por que suas pernas não podem suportar seus corpos cientificamente aumentados. Finalmente eles são levados em caminhões sem comida ou água, através de extremos de temperatura atmosférica, para uma morte assustadora e demoníaca.
Compaixão e respeito pelos que sofrem uma dieta vegetariana é boa para sua saúde e salva animais do seu inimaginável sofrimento e violência. Lembre-se: Ao fazermos algo pelos menos privilegiadas, estamos fazendo a “Ele”.
Esta página explora as razões por que mais e mais cristãos, incluindo nós mesmos, estão encontrando no vegetarianismo o núcleo para o nosso testemunho a fé e missão cristã.
O vegetarianismo aprofundou nossa fé no cristianismo e nossa fé foi reforçada na resolução de manter a dieta vegetariana. O nosso vegetarianismo é muito mais do que simplesmente uma preferência de dieta, nós não vemos isso com um peso ou auto sacrifício. Mas preferivelmente nós vemos nossa dieta como parte de nossas vidas espirituais mais amplas, manifestando valores como amor-compaixão e paz. Para muitos de nós, vegetarianismo é um presente, ajudando a fazer nossas vidas mais direcionadas, liberadas e cheias de alegria. Em adição, para muitos vegetarianos cristãos a dieta expressa simbolicamente a crença nos planos do Eterno para reconciliar o mundo para as intenções originais do nosso Criador.

Pv 12: 10 O justo olha pela vida dos seus animais; porém o coração dos ímpios são cruéis.

I Cor 6: 9 e 10 Não sabeis que os injustos não herdarão o reino do Eterno? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino do Eterno.

Isa 22: 13 e 14, mas eis aqui gozo e alegria; matam-se bois, degolam-se ovelhas, come-se carne, bebe-se vinho, e se diz: Comamos e bebamos, porque amanhã morreremos.
Mas o Altíssimo dos exércitos revelou-se aos meus ouvidos, dizendo: Certamente esta maldade não se vos perdoará até que morrais, diz o Altíssimo dos exércitos.

Ecl 3: 18 a 20 Disse eu no meu coração: Isso é por causa dos filhos dos homens, para que o Eterno possa prová-los, e eles possam ver que são em si mesmos como os animais.
Pois o que sucede aos filhos dos homens, isso mesmo também sucede aos animais; a mesma coisa lhes sucede; como morre um, assim morre o outro; todos têm o mesmo fôlego de vida; e o homem não tem vantagem sobre os animais; porque tudo é vaidade.
Todos vão para um lugar; todos são pó, e todos ao pó tornarão.

Isa 66: 3 Quem mata um boi é como o que tira a vida a um homem; quem sacrifica um cordeiro, como o que quebra o pescoço a um cão; quem oferece uma oblação, como o que oferece sangue de porco; quem queima incenso, como o que bendiz a um ídolo. Porquanto eles escolheram os seus próprios caminhos, e tomam prazer nas suas abominações,

Apoc 22: 5 Ficarão de fora os cães (pastores), os feiticeiros, os adúlteros, os assassinos, os idólatras, e todo o que ama e pratica a mentira.

Apoc 21: 8 Mas, quanto aos medrosos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos adúlteros, e aos feiticeiros, e aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte.

Ose 8: 12 e 13 Escrevi para ele miríades de coisas da minha lei; mas isso é para ele como coisa estranha.
Quanto aos sacrifícios das minhas ofertas, eles sacrificam carne, e a comem; mas o Altíssimo não os aceita; agora se lembrará da iniqüidade deles, e punirá os seus pecados; eles voltarão para o Egito.

Ex 20: 4 Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.

Ex 20: 8 a 11 Lembra-te do Sétimo Dia (sábado,) para o santificar.
Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra
Mas o sétimo Dia é o Descanso do Altíssimo, teu Eterno; não farás nenhum trabalho, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o forasteiro das tuas portas para dentro;
Porque, em seis dias, fez o Altíssimo os céus e a terra, o mar e tudo o que neles há e, ao sétimo Dia, descansou; por isso, o Altíssimo abençoou o Sétimo Dia (sábado) e o santificou.

Ex 20: 13 Não matarás.

Ex 20: 17 Não cobiçarás a casa do teu próximo. Não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma que pertença ao teu próximo.

Que o Altíssimo nos Abençoe.